Projetos de ECommerce

 

Quando pensamos na criação de um novo projeto, pensamos profundamente em como fazer com que aquele projeto se torne um grande sucesso e quando tratamos de E-Commerce, pensamos que não estamos apenas colocando mais uma loja no ar, mas que estamos criando um novo projeto de uma nova loja com as mesmas preocupações que um lojista possui em abrir uma nova filial.

Hoje acredita-se que o caminho do e-commerce é uma saída que irá facilitar ou baratear processos e acabamos observando centenas de casos de lojas on-line que não conseguem atingir aquilo que podemos considerar um sucesso. Por isso quanto tratamos de um E-commerce buscamos observar o projeto da forma mais ampla possível para que possamos ter certeza de cada passo tomado na criação deste novo projeto e para ficar bem claro como trabalhamos isso, veja a lista de alguns dos itens que observamos antes de ao menos considerarmos a criação de um E-Commerce, assim, mesmo que você não seja um cliente poderá compreender o que de fato deve ser considerado na criação de um E-Commerce:

1 – Abrangência da Marca

Nossa primeira análise é a para descobrir como está a sua marca no mercado, principalmente no mercado digital. Esta análise é de extrema importância pois ela irá determinar o Budget necessário para o seu projeto. Acontece que se uma marca não é conhecida ela pode requerer um investimento um pouco maior para que seu site possa de fato fazer sucesso.

2 – Popularidade dos produtos

Quando tratamos da venda direta de produtos, devemos ter sempre em mente o quanto popular é este produto, e é nessa hora que vemos a grande importância das nossas análises de mercado, pois é a partir da popularidade de um produto que podemos considerar que ele seja uma estrela ou não no seu projeto. Quando temos produtos famosos ou de marcas famosas já sabemos o que devemos destacar, mas quando estamos lidando com marcas novas devemos aplicar outras técnicas que faça o público descobrir aquele produto.

3 – Logística

Não menos importante é a operacionalidade dos seus recursos, o que fazemos é checar como a sua loja virtual irá funcionar, além de quanto a sua equipe está preparada para administrar o negócio quanto a entrega, embalagem, envio e acompanhamento no pós-venda. Somos bastante criteriosos quanto a isso pois buscamos orientar nossos clientes da melhor forma possível considerando até mesmo treinamento e consultoria em logística para que sua loja virtual seja fonte de lucros e alegria.

4 – Escolha da plataforma

Existem diversas plataformas de e-commerce no mercado, mas nem sempre sabemos qual a melhor plataforma para nossa loja e nós compreendemos perfeitamente as dúvidas que permeiam um cliente quando ele possui dúvidas quanto a qual plataforma usar, entre as dezenas de plataformas disponíveis no mercado.

Quando estamos planejando uma nova loja virtual, estudamos a analisamos profundamente todos os aspectos necessários antes da implantação de uma plataforma, pois a escolha da plataforma depende de diversos aspectos que vão do conhecimento e operacionalidade do staff da sua empresa, até o nível de conhecimento dos clientes, por isso, contamos com suporte avançado em pelo menos três plataformas principais: OpenCart, Magento e WooCommerce e estamos sempre em busca de aprimorarmos nossas técnicas e plataformas.

5 – Compreensão de público

Cada novo projeto de E-Commerce se torna para nossa equipe um novo “filho” isso mesmo, pois sabemos que sozinhos os projetos não irão responder todas as necessidades dos nossos clientes e é exatamente por isso que mantemos uma análise constante do público que acessa o seu site e conseguimos traçar o perfil exato que mantem este acesso.

Fazemos isso para trazer ao seu cliente sempre a melhor forma de comunicação, falando a sua língua e ofertando aquilo que ele realmente deseja.

Pronto para o sucesso

Com uma loja virtual você não precisa de vendedores, pois todas as vendas são feitas diretamente pelo site, comercializados 24 horas por dia 7 dias da semana sem interrupções. Você pode vender seus produtos por todo Brasil, sem a necessidade de abrir novas unidades de sua loja. Mesmo que suas lojas físicas não possuam meios de pagamentos digitais, você pode aceitar a maioria dos cartões de crédito ou gerar boletos.

Você certamente já viu propagandas de sites que vendem pela web, isso torna a marca mais visível e com maior credibilidade é o caminho mais eficiente até o seu cliente. Ao contrário do que se imagina, através da web podemos nos aproximar ainda mais do nosso público, pois podemos identificar todas as preferências de quem compra, além de identificar precisamente o perfil de cada cliente.

Deixe uma resposta